domingo, 17 de novembro de 2013

Guimarães campeão

Hoje em Cascavel o piloto radicado em Brasília, Felipe Guimarães se tornou o novo campeão da Fórmula 3 Sul-americana com 2 rodadas de antecedência. O que isso vai ajudar na carreira do piloto? Nada.

Sim, você não leu errado, infelizmente a muito tempo que um piloto que ganhou a Formula 3 Sul-americana não chega nem perto da Formula 1. O último foi o brasileiro Luiz Razia, campeão da temporada 2006, que testou por algumas equipes e quase foi titular para essa temporada.

De lá pra cá, Clemente Faria Jr e Nelson Merlo não conseguiram patrocinadores suficientes e tiveram que rumar ao turismo. Leonardo Cordeiro que venceu de forma avassaladora em 2009, fez duas temporadas medianas na GP3 e sumiu do mapa. Bruno Andrade foi campeão em 2010 e não tivemos mais notícias, Fabiano Machado fez uma temporada na GP3 Series e teve que parar de correr por falta de aporte financeiro, e por último, Fernando Rezende "Kid" foi o vencedor do ano passado e também não deu continuidade na carreira por falta de grana.

Ou seja, já podemos notar que vencer a categoria não ajuda em nada se você precisar arranjar um bom patrocinador. Alie isso ao fato de Felipe Guimarães ser um piloto rodado no automobilismo mundial. Com experiência internacional desde 2007, ele já passou pela Formula 3000 italiana, A1GP, Indy Lights e GP3 Series, antes de voltar ao Brasil. 

Em um mundo onde as equipes de Fórmula 1 e empresas sempre estão atrás dos jovens talentos que despontam logo de cara, isso deve prejudicar e muito Guimarães, afinal, porque eu vou investir em um garoto que foi pra fora e não fez nada se eu posso pegar um Max Verstappen da vida desde o kart?

Resumindo: Olhando os campeões do passado, é bom Guimarães arranjar um bom patrocinador se quiser continuar com o sonho de chegar a Formula 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário